Saiba o que faz um Gestor de Frotas!

Controle e gestão - 1 de fevereiro de 2022

Com certeza você já deve ter ouvido falar sobre gestão de frotas. Mas ainda tem dúvidas sobre o que faz um gestor de frota? Quais são suas principais atribuições? Qual a média salarial? No post de hoje, vamos tirar todas as suas dúvidas sobre essa profissão tão importante para os negócios. Siga a leitura no Blog Veloe e confira!

O que é um gestor de frota?

As altas sucessivas dos combustíveis têm sido motivo de grande preocupação para as empresas, por conta do impacto do custo dos combustíveis na operação, em especial no desempenho dos veículos das frotas. 

O papel do gestor de frotas é essencial porque lida com o planejamento e controle de gastos dos veículos. 

O que faz um gestor de frotas?

O profissional que lidera a operação de uma (ou mais) frota(s) é responsável por gerenciar carros, caminhões ou motos de uma empresa que são utilizados para o transporte de pessoas ou mercadorias. O gestor de frotas tem a missão de olhar sempre em como manter a eficiência da frota, evitando desperdícios e otimizando os custos e despesas operacionais. 

É também função do gestor de frotas verificar as partes técnicas e mecânicas dos veículos, cuidar da gestão de pessoas, além de toda parte da inteligência da operação. 

O gestor precisa conhecer bem toda a equipe, parceiros e outros públicos de relacionamento. Além disso, precisa estar sempre bem alinhado sobre as metas da empresa, os clientes e os equipamentos que fazem parte da frota, para que possa planejar a utilização com mais eficiência, combinando melhor desempenho e menor custo

Dessa maneira, o gestor de frota deve saber sobre: 

Administração da manutenção

Manter a equipe segura e os carros funcionando em sua máxima capacidade. É preciso, ainda, monitorar o calendário de revisões, quais veículos precisam de manutenções preventivas, corretivas ou emergenciais, o que contribui diretamente com as finanças da empresa e o uso racional dos recursos.

Controle de eficiência

De nada adianta uma frota de veículos que não funciona com eficiência. O gerente de frotas também tem o papel de coordenar e acompanhar o desempenho dos carros, encontrando soluções inteligentes para a sua empresa.

Atender à legislação

O gestor de frotas precisa estar atento à legislação que envolve o setor automotivo e de transporte. Dessa forma, ele poderá gerenciar, por exemplo, o pagamento de taxas obrigatórias por lei, como o IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) e o DPVAT (Seguros de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre), bem como acompanhar a situação das carteiras de habilitação dos motoristas, multas e permissões especiais para transportes de produtos, por exemplo.

Financeiro

Controlar o orçamento, observar desperdícios e buscar sempre a economia também faz parte das atribuições do gestor de frotas. Saber quanto, onde, como e por que se gasta, desde o valor do combustível até a folha salarial da equipe. 

O planejamento é o melhor amigo do gestor para que a operação seja mais eficiente, sem prejudicar a prestação de serviços ao cliente.

Gestão de equipe 

Além de gerir os veículos, o gestor de frotas precisa olhar para a equipe e prestadores de serviço. A gestão de pessoas envolve, entre outros itens, ouvir os colaboradores, sugerir capacitações e cursos, e, principalmente, buscar ser um líder inspirador na empresa. Assim, o gestor vai garantir um ambiente de trabalho saudável, que promove o engajamento e o alinhamento da equipe às metas da empresa e garante que todos os processos estejam fluindo corretamente. 

Gestor de Frota: Atribuições e Cotidiano

Quer saber um pouco mais do dia a dia e as tarefas mais rotineiras de um gestor de frotas? Selecionamos algumas características que ajudam no desempenho da função:

Conhecer a empresa em que trabalha

Conhecer bem a empresa, suas particularidades e objetivos é essencial para procurar soluções e planejar de acordo com o funcionamento do negócio.

Ferramentas de gestão

O processo de gestão de frotas está cada dia se tornando mais minucioso, porque os dados são os grandes aliados dos gerentes. Uma boa interpretação dessas informações faz toda a diferença. Para isso, é interessante contar com software adequado para analisar e ajudar o gestor na tomada de decisões mais assertivas

Interação com setores internos

Uma boa comunicação com os setores da empresa certamente ajuda a trazer ideias e insights, que podem se transformar em projetos rentáveis e que gerem economia para a empresa. Além disso, a comunicação com outras áreas ajuda no atendimento das demandas internas.

Quais as competências necessárias para um gestor de frota?

Para ser um gestor de frotas é preciso de, além de conhecimento na parte técnica, ter algumas habilidades comportamentais e de negócio. Separamos as principais: 

Conhecimento de mercado

O mercado da mobilidade está cheio de inovações que podem ajudar no seu negócio. Além de estar atento aos aumentos dos combustíveis, novas placas e carteira de habilitação, saber o que rola no mundo da mobilidade pode trazer mais clareza, inspiração e economia, claro. 

Foco em resultados

Planejar é importante, mas é preciso saber colocar os planos em prática, com ações bem executadas. O gestor de frota deve estar sempre de olho nos resultados e no desempenho dos colaboradores, agindo rapidamente para evitar ou solucionar problemas com rapidez e eficiência.

Liderança

Coordenar uma equipe tem os seus desafios, e como gestor, além de ser espelho para os colaboradores, é importante que o responsável pela frota seja capaz de lidar com os talentos e pontos de atenção de cada funcionário, ouvindo suas sugestões e considerações. 

Planejamento

Cargos de gestão exigem boa capacidade de planejamento no curto, médio e longo prazos. Isso significa levar em conta a cultura da empresa e a série histórica de dados da frota. São informações valiosas para que a gestão de frotas tenha subsídios para tomar decisões com mais eficácia e pensar mais estrategicamente. 

Organização

Lidar com diversos carros, pessoas, prestadores de serviços além de dados e planejamentos requer organização. Quem não tem essa habilidade corre o risco de perder a mão do que está acontecendo na área e fazer com o que as metas não sejam cumpridas. 

Gestão de Frotas é na Veloe

Para ajudar os gestores de frotas, o App e Portal Minha Frota oferecem total controle e gestão das despesas automotivas. Ao abastecer com os cartões Alelo Frota, você tem controle sobre o uso, acompanha indicadores e ainda pode configurar as regras de utilização do cartão da forma mais adequada para sua empresa. Sua gestão de frotas mais eficiente.

Além disso, a Veloe disponibiliza serviços que facilitam o gerenciamento no dia a dia, como:

  • roteirizador que mostra para o motorista, ao longo do trajeto, os preços de todos os postos credenciados;
  • a gestão inteligente de manutenção, que facilita o controle das manutenções preventivas e corretivas dos veículos;
  • o recolhimento de notas fiscais, para empresas que se beneficiam da restituição de ICMS;
  • a gestão de documentos e multas. 

Alelo Frota é aceito em mais de 29 mil estabelecimentos comerciais pelo Brasil, incluindo: postos de combustível, serviços automotivos, estacionamentos e lava-rápido.

Veja também: Por que utilizar um sistema de gestão de frotas? 

Gostou do conteúdo? Para essas e muitas outras dicas sobre gestão de frotas e mobilidade urbana siga a leitura no Blog Veloe.

Conteúdos que podem ser do seu interesse