Combustível da sua frota: saiba como pagar menos!

Controle e gestão - 22 de setembro de 2021

Após o último reajuste, a pesquisa usando o termo “por que a gasolina está tão cara” aumentou em 300% no Google.  É o maior interesse pelo preço dos combustíveis em 17 anos. A gasolina passou por nove aumentos apenas em 2021, o que soma uma alta de 27,5% nos oito primeiros meses do ano. O Rio de Janeiro tem o preço médio mais alto do país, com o litro vendido a R$ 6,48, seguido do Acre R$ 6,45 e Distrito Federal, onde a gasolina é comercializada por R$ 6,35, na média.

Considerando um período de 12 meses, ela está 37% mais cara do que em agosto do ano passado e os gestores de frotas precisam sempre estar atentos e buscando alternativas para reduzir o consumo e aproveitar descontos no abastecimento dos veículos.

Então, “por que o valor do combustível está tão caro”?

A formação do preço dos combustíveis é composta pelo preço exercido pela Petrobras nas refinarias, somado à tributos federais (PIS/Pasep, Cofins e Cide) e estaduais (ICMS), mais o custo de distribuição e revenda. Além disso, ainda está embutido no valor da gasolina, o custo do etanol anidro, e para o diesel tem a incidência do biodiesel.

As variações de todos esses itens, além da desvalorização do real perante o dólar, são os fatores que determinam o quanto o combustível vai custar nas bombas.

A gestão eficiente de combustível é cada vez mais estratégica para o negócio, aumentando o desafio do gestor na hora de escolher o combustível ideal para a sua frota.  E aí que surge a dúvida na hora de escolher etanol ou gasolina para abastecer. Aqui esclarecemos como você pode calcular o combustível mais vantajoso.

O cálculo básico para se descobrir se o álcool é vantajoso ou não em relação à gasolina é simples, basta dividir o preço do litro do etanol pelo da gasolina. Se o resultado for inferior a 0,7, o etanol é o melhor para abastecer. Se for maior que 0,7, então a gasolina é melhor.

Afinal, como pagar menos no preço do combustível?

Não tem como fugir, no custo de operação de uma frota, os custos mais relevantes são com manutenção e combustível, por isso, o gestor deve sempre estar atento para reduzir os custos. Para uma boa gestão, o gerente tem sempre que buscar pelo controle e diminuição dos gastos, definir metas que sejam alcançáveis, avaliar as opções de abastecimento e negociar o preço do combustível aproveitando o volume de veículos da sua frota.

Para ajudar com toda essa operacionalização, o App e Portal Minha Frota oferecem total controle e gestão das despesas automotivas de sua frota. Abastecendo com os cartões Alelo Frota, você tem controle sobre o uso, acompanha indicadores e ainda pode configurar as regras de utilização do cartão da forma mais adequada para sua empresa.

Além disso, disponibiliza uma variedade de serviços que facilitam o gerenciamento no dia-a-dia, como o roteirizador que mostra dentro do trajeto do motorista os preços de todos os postos credenciados no caminho, gestão inteligente de manutenção, facilitando o controle das manutenções preventivas e corretivas dos veículos; recolhimento de notas fiscais, para empresas que se beneficiam da restituição de ICMS; gestão de documentos e multas, com suporte total na gestão de multas, licenciamento, IPVA muito mais. Alelo Frota é aceito em mais de 29 mil estabelecimentos comerciais pelo Brasil, incluindo: postos de combustível, serviços automotivos, estacionamentos e lava-rápido.

Negociação do preço do combustível diretamente com o posto

A negociação do preço do combustível via Time EC com o posto, tem como principal objetivo gerenciar acordos de descontos entre a Veloe, empresas e postos. Esse processo que possibilita a clientes que consomem altos volumes de combustível uma margem de negociação de preço com a rede de abastecimento. Os descontos podem ser negociados por valor fixo, percentual e valor a descontar:

  1. Valor a descontar: cliente e posto negociam um valor que será descontado no preço por litro;
  2. Valor Fixo: cliente e posto negociam um valor fixo por litro;
  3. Percentual (%) por litro: cliente e posto negociam um percentual que será descontado no preço por litro.

 Quais as vantagens do serviço para o cliente?

  • Economia no custo geral da frota;
  • Fidelização da rede;
  • Otimização da operação do cliente;
  • Maior autonomia para clientes que desejam efetuar as próprias negociações;
  • Simplicidade, sem dependência da intervenção do motorista;
  • Garantia de aplicação do desconto negociado uma vez que o processo é automático;
  • Segurança e confiabilidade.

 E pro posto?

  • Maior autonomia para negociação diretamente com os clientes Frota;
  • Processo fluido, facilitando a rotina do Frentista;
  • Dispensa de processo e controles manuais;
  • Fidelização da rede e garantia de volumes;
  • Segurança e confiabilidade.

Mesmo com os altos preços dos combustíveis, mostramos algumas alternativas para você economizar no controle da sua frota e fazer uma gestão eficiente. Quer ficar por dentro da mobilidade? Fique ligado aqui no nosso blog!

 

 

Conteúdos que podem ser do seu interesse